«Uma verdadeira educação inclusiva é aquela em que o educador cria contextos educativos onde cada criança encontra a estimulação de que necessita para progredir, não perdendo de vista nenhuma criança e respondendo a todas elas »
Gabriela Portugal

Aqui pode encontrar o nosso Portfólio das atividades que desenvolvemos, as razões da sua realização, os progressos das crianças durante a permanência no Jardim de Infância, ate à entrada no 1º CEB

______________________________________________________

ATIVIDADES PARA OS TEMPOS LIVRES

(clica em cima do nome do ficheiro e joga)

JOGOS EDUCATIVOS
BIBLIOTECA DO GIGANTE , SITE DE JOGOS
SITIO DOS MIUDOS
, ATIVIDADES EDUCATIVAS, CAMINHO DAS LETRAS , RISCOS E RABISCOS
APRENDER A RECICLAR , JOGAR COM DADOS
BOB, RUCA, DINOSSAUROS, CARROS
QUADRO MAGNÉTICO, SUDOKU DAS CORES
JOGO DOS DENTES

terça-feira, 5 de abril de 2016

Ontem e hoje

ONTEM...


 Na Biblioteca, não houve a habitual hora do conto  mas sim uma consulta livre de livros.








 Á hora do almoço a Ilda, com recurso a fantoches, contou a história do «Rato da cidade e o Rato do Campo».  

  Construímos o Mapa da história.














HOJE...

Tínhamos combinado instituir uma nova Rotina semanal, à terça  feira. 
Realizar atividades culinárias! 
É que por estes lados escasseiam as tintas e o papel de pintura, atividade que todos adoram. Necessitamos de ter uma verba extra para poder adquirir o que precisamos!
E como a realização do Leite Creme ( lembram-se?) teve bastante sucesso, decidimos  matamos dois coelhos de uma cajadada só e fazer bolos para vender.
 Do pensamento à ação foi um instantinho. 
Ontem planeamos tudo e hoje fizemos um Bolo de Chocolate.

Tal como tinha ficado combinado (ninguém se esqueceu) apareceram ovos...farinha....açucar....manteiga!
 batedeira, balança, taças, forma, colher de pau...


Ovos, foram  5...+ 2...+ 1. 
Quantos?
 Fez-se a conta...
Ora 5+2 dá 7, + 1 dá 8!
 São 8 prof! 
Mas só precisamos de 5. Quantos sobram?
 Ora se de 8 tirarmos 5 ficam.....3!

 Juntamos as 5 gemas com 200 gr de açúcar que pesamos na balança. 
Batemos todos, muito!





  Entretanto, as claras foram batidas (com a batedeira) até ficarem em nuvem.

 Juntou-se a manteiga, levemente amolecida (200gr),  a farinha (250gr) com 1 colher de chá de fermento e no final as claras.

 A massa do bolo estava pronta, faltava só um ingrediente especial...o Chocolate.

 Juntou-se o chocolate, a olho... e bateu-se muito bem.
Ficou assim....

 Depois foi só coze-lo no forno que  a sala da Unidade nos emprestou.
e já está!
 Os vendedores à espera do 1º cliente!

Como não podíamos provar o bolo, com o restantes ingredientes, fizemos um bolinho de maçã que todos provaram!
 Assim ninguém ficou triste.


A receita do bolo, vista por alguns




O que pretendemos com estas atividades? 
«Promover experiências de aprendizagem onde as crianças encontrem explicações corretas para fenómenos que observam aumentando-lhes a compreensão do real.
(...)
Ao propor atividades divertidas e educativas que estimulam a criatividade e o pensamento  da criança, que ajudam a desenvolver a curiosidade acerca do mundo que a rodeia, aumentando a sua confiança na capacidade de investigar, a criança habitua-se a refletir  e a tomar decisões perante situações novas»
 In «A ciência na educação pré-escolar» 
Maria Lúcia Santos, Maria Filomena Gaspar, Sofia Saraiva Santos


 Que aprendizagens surgem da realização destas atividades?
 
 As crianças aprendem a esperar pela sua vez
 Desenvolvem sentido de partilha e colaboração, ajudando -se 
 Assumem compromissos 
 Desenvolvem o raciocínio lógico
 Resolvem problemas
Fazem contagens
 Fazem pesagens
Explicam, verbalizam, descrevem o que vai sendo feito,
 Comunicam ideias e sugestões
 Aprendem que a escrita serve para comunicar ideias
  Apropriam-se do código escrito 
 Reconhecem diversas formas de escrita,
Identificam o som das letras com  as letra

E muitas outras....


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário